“Vou derrotar Bolsonaro” disse Collor

0
816

Collor já manifestou aos seus correligionários que deseja se candidatar a presidência em 2018. Sua intenção é derrotar Bolsonaro nas urnas e retomar seu mandato interrompido em 1992.

O senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) tem dito que será candidato à Presidência da República – isso mesmo – no ano que vem. Ele poderia se lançar na aventura porque seu mandato no Congresso só vencerá em 2022. Caso perca as eleições pode retomar o mandato por mais 4 anos.

Correligionários do senador dizem que ele está assustado com o crescimento político do deputado federal Jair Messias Bolsonaro. Collor teria afirmado que é um absurdo que um deputadozinho que nunca fez nada no Congresso tenha tanto voto nestas pesquisas.

A grande motivação de Collor ainda é retomar o mandato que o foi casado por impeachment em 1992. Passados 25 anos ele foi absolvido de todas as acusações feitas no processo que cassou seu mandato presidencial e direitos políticos.

Políticos próximos ao ex-presidente Collor dizem que ele costuma dizer que gostaria de vencer Lula novamente nas urnas. Como os tribunais devem tirar Lula da disputa por conta de suas condenações, daí seu novo alvo é Bolsonaro, que para ele é um despreparado que será engolido facilmente nos debates.

Collor é um ator muito bem preparado para falar com as câmeras e enfrentar os debates. Veja o que ele fez com Lula em 1989. O que aconteceria se ele fizesse isso com Bolsonaro?

Comentários

Comentários