Vídeos íntimos de Sergio Moro podem ter sido hackeados

0
32

Vídeos íntimos de Sergio Moro podem ter sido hackeados. Em Brasília o temor é geral pelo conteúdo que pode ter sido extraído do celular do ministro Sergio Moro. Os jornalistas que vazaram o conteúdo já avisaram que o arquivo tem todas as mensagens trocadas entre 2015 e 2019. No material constam áudios, vídeos e fotos. Na primeira reportagem foi dito que este vazamento é só o começo de uma série que vai chocar o Brasil e o Mundo.

Nos bastidores do poder comenta-se que o juiz Sergio Moro teria se queixado que este celular é de seu uso para comunicação privada. É com este celular que ele falava com familiares e amigos mais próximos. Especula-se o temor de fotos e vídeos íntimos serem vazados nos próximos dias. Inclusive existe a possibilidade de o whatsapp ser tirado do ar para conter o ritmo de compartilhamento deste conteúdo.

Quando ocorreu o massacre na escola de Suzano, em que dois estudantes entraram armados e assassinaram alunos e professores da escola, também se usou do contingenciamento de redes sociais para não haver compartilhamento de fotos e vídeos das vítimas. O Facebook e o Whatsapp ficaram parcialmente fora do ar para se evitar a viralização de conteúdos.

Este pode ser o plano para os próximos dias. Caso vazem as fotos e vídeos íntimos do juiz Sergio Moro o governo imediatamente iria bloquear o sinal das redes sociais para que as imagens não causem ainda mais constrangimento.

Caso você receba em seu celular qualquer foto ou vídeo íntimo do juiz Sergio Moro a primeira coisa que deve fazer é deletar o conteúdo e denunciar quem te enviou para a delegacia mais próxima de sua casa. Todos que compartilharem ou armazenarem estas imagens poderão ser enquadrados na Lei de Segurança Nacional.

Comentários

Comentários