Pintar o cabelo eleva o risco de câncer

    0
    2280

    Boa parte da mulherada tem um compromisso mensal, às vezes quinzenal, inadiável: ir ao salão pintar os cabelos. Mas um cirurgião britânico fez um alerta que pode impactar as visitas ao cabeleireiro.

    Segundo Kefah Mokbel, que atua no Hospital Princess Grace, no centro de Londres, as mulheres que colorem seus cabelos têm 14% mais chances de sofrer câncer de mama, e os homens que colorem os cabelos têm 21% mais chance de desenvolver o câncer de próstata.

    O perigo, aponta o médico, está nos corantes sintéticos presentes nessas tinturas. Por isso, ele aconselha as mulheres a não tingirem os cabelos mais do que seis vezes por ano e a usar, se possível, ingredientes naturais nas mechas. Aos homens é totalmente desaconselhado pintar os cabelos.

    A maioria das tinturas contêm metais pesados, que são nocivos ao organismo. “Tanto que muitos médicos proíbem as mulheres grávidas de pintar os cabelos. Essas tinturas têm contato com o couro cabeludo e vão parar na corrente sanguínea”, observa.

    Para quem já tem fios brancos, mas não morre de orgulho deles, a dermatologista Ana Flávia Moll diz que há tratamentos para adiar esse visual. “Há opções de produtos antioxidantes orais e tratamentos com luz de led que reduzem o aparecimento de fios brancos. Os cabelos brancos surgem com o envelhecimento, quando as células deixam de produzir a melanina, pigmento que dá cor aos fios. Esses tratamentos agem dentro da estrutura dessas células, fazendo-as produzir melanina de novo”, cita.