O que as pesquisas eleitorais não dizem

0
293

O que as pesquisas eleitorais não dizem diz mais que os números. Um dado muito importante está sendo omitido da população e este dado irá definir o destino eleitoral do Brasil.

No último domingo (10/06/2018) o DataFolha divulgou mais uma pesquisa sobre as intenções de voto dos brasileiros para eleição presidencial. Os números mostram Jair Bolsonaro se consolidando no primeiro lugar e Marina e Ciro disputando quem irá para o segundo turno com o militar da reserva.

PESQUISA 01 – Considerando a participação de Lula

Lula – 30%

Bolsonaro – 17%

Marina – 10%

Ciro – 6%

PESQUISA 02 – Sem a participação de Lula

Bolsonaro – 19%

Marina – 15%

Ciro – 10%

No entanto as pesquisas omitem a mais importante informação. O número de pessoas que ainda não definiu em quem votar, ou até mesmo se vão votar. Somados os votos brancos, nulos e os de quem ainda não sabe em quem votar temos o expressivo número de 46%. Quase a metade dos brasileiros está completamente desencantada com a política. Os percentuais de intenção de votos dos candidatos é dividido após excluírem quem não sabe em quem votar. Quem de fato vai definir a eleição não é quem está na frente na pesquisa e sim a decisão destes indecisos que podem se definir mais próximo a eleição.

Nas eleições de 2014 o brasileiro já se demonstrava desinteressado nas eleições. Em 2014, 19,4% do eleitorado brasileiro não compareceu às urnas – 27,7 milhões dos 142,8 milhões de eleitores no país. Os votos em branco representam 3,84%. Já os votos nulos 5,8%. Com isso, abstenções, brancos e nulos somaram 29%. Ou seja, 1/3 dos brasileiros em 2014 não demonstraram interesse nos candidatos a presidente.

Com as informações repassadas pelas investigações da Operação Lava Jato o brasileiro ficou ainda mais descrente da política. De 2014 a 2018 o ódio aos políticos atingiu patamares ainda maiores. Cientistas Políticos apontam que nestas eleições a tendência é de crescimento do número de votos brancos, nulos e abstenções. Espera-se que 40% dos brasileiros desistam de votar em qualquer um dos candidatos.

 

Comentários

Comentários