Nudismo evangélico chegou ao Brasil

0
152

Nudismo evangélico chegou ao Brasil e já conta com igrejas onde pastores e fiéis oram juntos e desnudos. A prática do nudismo evangélico não tem restrição de idade, gênero nem estado civil.

Sim, os evangélicos praticam nudismo! E não apenas em locais destinados a prática, como praias, por exemplo, mas também em igrejas.

Os adeptos do nudismo evangélico — autodenominados “naturistas cristãos”—surgiram na Pensilvânia (EUA) e estão ganhando seguidores no Brasil.

Os grupos se reúnem para orar e fazer a leitura da Bíblia em sítios, praias e igrejas. Igrejas onde só é permitida a permanência de quem estiver complemente sem roupa. O fiel deve entrar vestido e tirar suas peças de roupa no vestiário da congregação.

“Somos um grupo de cristãos de diferentes igrejas que descobriram na prática naturista uma forma de desenvolvimento pessoal, de comunhão mais profunda ou, em alguns casos, apenas uma saudável opção de lazer. Apesar do direcionamento predominantemente evangélico estamos abertos a cristãos de todas as correntes, já que não acreditamos na discriminação”, diz Estevão Prestes, um dos integrantes do movimento no Brasil.

“Quando meus hábitos foram descobertos, fui chamado pelos pastores a um conselho. Houve a leitura de acusação formal de comportamento imoral”.

A prática vem se espalhado e com adesão até de igrejas pentecostais. De acordo  com a reportagem os adeptos dizem sentir a presença de Deus nas reuniões.

“É lindo notar os irmãos e irmãs se mostrando sem máscaras sociais, sem grifes, sem marcas. Sem roupas todos somos iguais diante de Deus. Eu amo meu corpo nu e amo a liberdade de ser quem eu sou”. Letícia Oliveira, 19 anos.

Comentários

Comentários