MBL mentiu sobre a Polícia Militar

1
933

Postagem do MBL (Movimento Brasil Livre) tentou desonrar a Polícia Militar do Rio de Janeiro. Se não bastassem os baixos salários, as críticas e perseguições da mídia esquerdista, agora a PM sofre ataques mentirosos dos líderes do MBL.

O MBL há muito tempo deixou de ser um movimento em prol do combate a corrupção para se tornar uma gang virtual que defende ou ataca quem melhor possa beneficiar seus líderes. A mais recente vítima foi a gloriosa Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Uma postagem do Movimento Brasil Livre (MBL) que acusava a Polícia Militar de ter feito escolta armada para a cantora Madonna em sua visita ao Morro da Providencia.

De acordo com a Polícia Militar, a cantora não avisou que iria à favela e, por isso, o policiamento não foi reforçado. Na comunidade, a cantora visitou uma casa cultural e ficou por cerca de 40 minutos. Ela foi em um carro preto, escoltada por segurança particulares. Ao descer a escadaria, pediu para tirar fotos com os policiais.

Um dos policiais que aparece na foto com Madonna é o soldado Raiff Medeiros, 27 anos. Ele disse que Madonna pediu para tirar uma foto com ele e outro colega, na Providência. “Sou acostumado a tirar fotos com moradores. Essa foi a primeira vez que o pedido partiu de um famoso. Tinham várias pessoas animadas em volta. E foi um momento bom, pois mostra um lado diferente da PM”.

Ao contrário do que tentou dar ao entender o MBL, os policiais não estavam trabalhando de segurança particular da cantora, e sim fazendo a proteção da comunidade e foram solicitados para fazer uma foto ao lado de um dos maiores ícones da Cultura Pop.

O soldado postou no facebook um desabafo e solicitou um pedido de desculpas do MBL que até agora ignorou a mensagem.

“Não fiz escolta armada dela, eu estava lá trabalhando, ninguém sabia que ela iria lá. Do nada ela apareceu na comunidade, e partiu dela o pedido pra tirar a fotografia. Tanto que ela que postou a foto. Em momento algum me foi pedido que fizesse a segurança dela. Eu estava lá pelo povo carioca (…) Espero um pedido de desculpas, tanto pela informação falsa e também por me decepcionar com falsas acusações. Melhorem”, escreveu o agente no Facebook.

 

Comentários

Comentários

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.