Filho de Fidel Castro morre de maneira dramática

0
288

Filho de Che Guevara morre de maneira dramática. A felicidade não é tão presente assim na ilha comunista da América Central. O Filho mais velho do ex-presidente cubano Fidel Castro morreu na última quinta-feira por uma razão que surpreendeu o mundo.

Fidel Castro Díaz-Balart, filho mais velho do ex-presidente de Cuba Fidel Castro, morreu nesta quinta, 1, aos 68 anos. De acordo com a imprensa do país, ele cometeu suicídio.

Conhecido como Fidelito, ele era o único filho do casamento do ex-ditador com Mirta Diaz-Balart. De acordo com o jornal Granma, ele sofria de depressão profunda, passou por uma internação e vinha sendo atendido por um grupo de médicos.

A informação oficial sobre a morte foi divulgada em uma nota informativa no programa Mesa Redonda da televisão estatal cubana. O primogênito do líder da revolução cubana “atentou contra sua vida na manhã deste dia 1º de fevereiro”, diz a nota oficial, acrescentando que Castro Díaz-Balart era “atendido por um grupo de médicos há vários meses por causa de um estado depressivo profundo”.

“Como parte de seu tratamento, ele inicialmente exigiu um regime de hospitalização e depois continuou com o acompanhamento ambulatório durante sua reincorporação social”, prossegue o comunicado, lembrando que “durante sua atividade profissional, inteiramente dedicada à ciência, obteve relevantes reconhecimentos nacionais e internacionais”.

Em junho de 1992, Fidel castro demitiu o próprio filho da direção da Secretaria de Assuntos Nucleares, e disse pouco depois do ocorrido que foi “por ineficiência no desempenho das suas funções”. O filho mais velho do líder cubano foi submetido a um ostracismo que pode ter influenciado no quadro de depressão profunda.

Uma de suas últimas aparições a ganhar a atenção da mídia internacional ocorreu durante visita da socialite americana Paris Hilton a Havana, em 2015. Ele e Paris fizeram uma selfie juntos no Festival Internacional de Havana.

Comentários

Comentários