A verdadeira História de Jeremias do The Voice Kids

0
1036

A verdadeira História de Jeremias do The Voice Kids. O menino que perdeu a casa na enchente mas não permitiu que a pobreza desabrigasse o talento e o carisma que encantaram o Brasil.

Confira a emocionante história de vida do pequeno Jeremias

Para quem já foi vítima de enchentes e vive uma realidade humilde, a manhã desta segunda-feira (7), para ele, foi diferente. Acordou como artista, ainda surfando nos ares da fama de aparecer na telinha para o Brasil inteiro e sem acreditar que está tendo a oportunidade de seguir com o seu sonho de cantar.

O capixaba destaca que começou a se interessar pelo canto por volta dos cinco anos de idade, quando via a mãe e a tia de consideração cantarem. “Minha mãe não é profissional, mas cantava na igreja. E eu comecei a fazer o mesmo. Comecei a participar de corais, fazer apresentações e fui tomando gosto”, frisa.

Atualmente, Jeremias vive com a mãe, o padrasto e dois dos quatro irmãos que possui. “São inspirações que eu convivo dia a dia e me fazem querer continuar na carreira”, relata. Mas a família vive em um imóvel que não é o dela, que foi invadido pelas chuvas que assolaram o Espírito Santo no último mês de novembro. Na ocasião, a mãe do capixaba, a auxiliar de serviços gerais Fabíola Rodrigues Pereira, se mudou com o marido e os meninos para uma outra casa e agora trabalha para reconstruir a própria residência, que é na mesma rua de onde estão atualmente instalados. 

Jeremias confidencia que não tinha muita vontade de ir ao “The Voice Kids” antes de realmente ter a inscrição aprovada, neste ano. Até depois disso, ficou na dúvida se deveria ir ou não ao reality musical mais famoso do Brasil. “Mas eu ouvi uma voz que disse que era para eu ir. Então, eu decidi enfrentar e ir assim mesmo”, conta, emocionado.

O capixaba se considera bastante religioso e não falta aos compromissos com a igreja, no bairro em que mora, Central Carapina, na Serra. Agora, ele pede a Deus que continue guiando seu canto para os próximos passos: “Espero que dê tudo certo. Estou confiante demais (risos)”, conclui.

Segundo ele, as aulas de canto periódicas no projeto e os treinos em casa não vão parar. Aliás, vão até aumentar. “Depois do programa, neste domingo, dia 6, a igreja fez uma caravana a pé até minha casa com os frequentadores. Fiquei muito emocionado e só consegui me jogar no chão para chorar. Vou seguir firme e, se Deus quiser, chegar à vitória do The Voice”, afirma.

Se ganhar, Jeremias adianta à reportagem que destinará parte do dinheiro à sua igreja, na Serra, ao projeto social que participa, à sua tia de consideração e à igreja da mãe. Mas, além disso, quer investir em um apartamento para morar no futuro e dar uma vida confortável para a família. “E com o que sobrar eu só quero ajudar a quem precisar de ajuda”, finaliza.

Comentários

Comentários